Salta navegação

Não acelerar transição da formação para a equipa principal, reter talento da formação na equipa principal por mais tempo, vender apenas quando necessário, contratar pouco e bem. A prioridade absoluta deve ser a competitividade internacional.